Lari assistiu: Cidades de Papel

cidades-de-papel_t95548_jpg_290x478_upscale_q90Título Original: Paper Towns

Ano: 2015

Direção: Jake Schreier

Gênero: Aventura, Romance, Mistério

Avaliação: ☆ ☆ ☆ 

Sinopse: A história é centrada em Quentin Jacobsen (Nat Wolff) e sua enigmática vizinha e colega de escola Margo Roth Spiegelman (Cara Delevingne). Ele nutre uma paixão platônica por ela. E não pensa duas vezes quando a menina invade seu quarto propondo que ele participe de um engenhoso plano de vingança. Mas, depois da noite de aventura, Margo desaparece – não sem deixar pistas sobre o seu paradeiro.

Antes, quero avisar que não li o livro, então, tudo o que eu disser aqui sobre tal parte (juro que não darei spoiler) foi visualizando apenas o filme. Apesar de eu ter assistido com uma amiga que leu o livro e me contou algumas das partes que foram modificadas.

Confesso que não estava tão interessada em assistir o filme no cinema, só iria assistir quando estivesse disponível na internet. Porém queria tanto sentir aquele cheiro que só cinema tem, que nem pensei duas vezes quando minha amiga me convidou para ir.

Eu realmente gostei dos personagens, principalmente do Quentin, pois ele tem um certo “medo” de sair da sua zona de conforto e encarar algumas situações que, de certa forma, podem trazer risco à ele; Margo, pelo simples fato dela ser uma garota que não pensa tanto no futuro, gosta de mistérios (depois se torna um); e o Ben, apesar de ser “safado” e muito engraçado, também tem seus momentos de fofura.

Outro ponto positivo do filme, é o desfecho. Eu preferi o do filme, porque, além de quebrar a expectativa que durou na história toda, a mensagem que ele quis passar é muito boa. Sem falar da trilha sonora que se encaixa super bem.

Eu não acho que esse filme precisa necessariamente ser assistido no cinema, a não ser que você seja fã de algum ator ou do livro, mas mesmo assim… Enfim. Indico mais para quem gosta desse gênero, quer assistir algo só para ficar de bobeira…

Anúncios

4 comentários sobre “Lari assistiu: Cidades de Papel

  1. O filme é muito igual ao livro, assim como a culpa é das estrelas, porém, não é o melhor livro/filme do John Green :/ hahahhaha a melhor cena é a do pokemon e da ‘busca’ em si pela Margo, queria mesmo que encontrassem ela morta 😀 HAHAHHAHAHAHA

    Curtido por 1 pessoa

deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s